Essas são traduções independentes sem fins lucrativos feitas por fãs. Todos os direitos são reservados às editoras e às suas respectivas propriedades intelectuais. A cópia deve ser destruída após 24 horas caso o leitor não tenha direito de uso cedido pela editora original.

Zero Absoluto (1999)

Um comando de Marines espaciais é enviado ao planeta Sibéria para controlar uma base de pesquisa. Eles tem disponíveis exatamente 24 horas. Tudo o que sabem sobre esta missão é que é um "Código Vermelho": as perdas humanas são aceitáveis, mas o dano material é proibido. Mal eles chegam à base, uma tensão inexplicável entre os soldados flerta com o intolerável. Obviamente desencadeada por um ataque diretamente após sua chegada, por um misterioso desconhecido que parece se mover sem um traje protetor no planeta gelado a menos 273 °. Em três partes. Christophe Bec (Prometeus, Sanctuary) e Marazano (O complexo de chimpanzé).

Lançando a Terceira e Última Edição: Encarnação.

Publicado originalmente pela SPLITTER
Escrito por CHRISTOPHE BÉC
Arte DE RICHARD MARZANO
Cores por REYES HOMER
Tradução ZEALFIE2
Adaptação & Revisão: CARFRANGS




01 02 03

5 comentários:

  1. Valeu! Só não gostei do final, esperava mais dessa hq!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi só você, também achei a história meia boca, fizemos pois a equipe criativa prometia, mas nem sempre reunir gente boa rende uma boa história. Nas seguintes, vamos ler a mini inteira antes de fazer. Mas, obrigado pelo comentário, ajuda a gente.

      Excluir
    2. Eu gostei bastante, até do final. Poderia ser melhor o final, mas ficou bom também.

      Excluir
  2. Então, Daniel, fico feliz! Nosso interesse é trazer o que de melhor houver nas revistas independentes e européias com pouca chance de sair por aqui. Às vezes, acertamos, outras, erramos. Mas vamos continuar tentando. Do Béc deve ter outra sendo postada em Janeiro, ok.

    ResponderExcluir
  3. O blog de vocês é fantástico, conseguem trazer HQ que nunca chegariam aqui em PT. E outra, creio que o feedback das HQ's seria melhor se as pessoas que baixassem os mesmos fizessem ao menos um comentário, coisa que gasta segundos. As vezes, por causa de 2 a 3 pessoas que comentam, pode-se ter uma falsa impressão de um feedback ruim, mas que ao contrario, é de boa aceitação dos que não alimentam os blogs com comentários.

    ResponderExcluir